Eduardo Bolsonaro resolve defender Daniel Silveira e diz que votará a favor da liberdade do parlamentar

Deputado Eduardo Bolsonaro resolveu defender Daniel Silveira (PSL-RJ), preso em "flagrante delito", e citou a "imunidade parlamentar". Jair Bolsonaro, no entanto, já recebeu conselhos de aliados para não interferir na repercussão do caso

Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que votará pela libertação do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso em "flagrante delito" por fazer ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Estado Democrático de Direito, segundo decisão do ministro Alexandre de Moraes. 

"Dentre outros fatores, amanhã votarei pela libertação do deputado federal Daniel Silveira. Em nome das garantias da imunidade parlamentar, liberdade de expressão, devido processo legal, ampla defesa e contraditório", disse o filho de Jair Bolsonaro no Twitter. 

O deputado publicou um vídeo dizendo que imaginou o ministro do STF Edson Fachin levando uma "surra" e afirmou que os ministros da Corte deveriam estar "presos"

Após a decisão unânime do STF de manter, por 11 votos a 0, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) preso e a denúncia contra ele feita pela Procuradoria-Geral da República, aliados de Jair Bolsonaro já o aconselham a não interferir na repercussão do caso para evitar desgaste entre os poderes

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email