Eloá é a 15ª criança morta por bala perdida em 2 anos no Rio de Janeiro

Entre 5 de julho de 2016 e 8 de julho de 2023, 267 crianças e adolescentes foram mortos, enquanto 334 ficaram feridos. Atuação da polícia foi apontada como a principal causa

Eloá Passos
Eloá Passos (Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Eloá Passos, de 5 anos, foi morta baleada em sua casa na zona norte do Rio de Janeiro, no sábado (12), na 15ª vez que uma criança foi vítima de bala perdida nos últimos dois anos. Os dados são da ONG Rio de Paz, que considera a faixa etária de 0 a 14 anos. No mesmo dia, um adolescente de 17 anos também foi baleado e faleceu. A Polícia Militar alega que o rapaz, identificado como Wendel Eduardo, estava envolvido em uma troca de tiros após uma abordagem policial, na qual dois homens em uma moto teriam disparado contra os policiais.

O adolescente foi baleado enquanto estava na garupa de uma moto na Avenida Paranapuã, por volta das 7h30. Eloá, por sua vez, foi atingida por tiros dentro de sua própria casa no Morro do Dendê, uma hora depois. >>> Moradores da Ilha do Governador incendeiam ônibus após morte de criança por bala perdida

continua após o anúncio

Dados do Instituto Fogo Cruzado revelam que a região metropolitana do Rio de Janeiro testemunhou 601 crianças e adolescentes baleados nos últimos sete anos. Destes, 286 foram atingidos em operações policiais, representando 47,5% do total. O levantamento também indica que, no período entre 5 de julho de 2016 e 8 de julho de 2023, 267 crianças e adolescentes foram mortos, enquanto 334 ficaram feridos. A atuação das forças policiais foi apontada como a principal causa desses incidentes ao longo desses sete anos.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247