Em Minas Gerais, Lula tem 46% contra 28% de Bolsonaro e é o segundo candidato com menor rejeição, diz pesquisa

Bolsonaro é o terceiro candidato mais rejeitado, atrás somente de Doria e Moro. Os três estão empatados na margem de erro no quesito rejeição

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - Pesquisa presencial do Instituto Ver, patrocinada pela rádio Itatiaia e divulgada nesta terça-feira (19), mostra que o ex-presidente Lula (PT) tem a ampla preferência do eleitorado mineiro para voltar à Presidência da República.

Lula aparece com 44% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro (PL), com 27%, Sergio Moro (União Brasil), com 4%, Ciro Gomes (PDT), com 3%, André Janones (2%) e João Doria (PSDB) e Simone Tebet (MDB), com tem 1%. Luiz Felipe D'Ávila (Novo) não pontuou.  

  • Lula - 44%;
  • Bolsonaro - 27%;
  • Moro - 4%;
  • Ciro Gomes - 3%;
  • André Janones - 2%;
  • Doria - 1%;
  • Simone Tebet - 1%;
  • Luiz Felipe D'Ávila - Não pontuou.

No cenário sem Moro, que trocou o Podemos pelo União Brasil e até o momento está fora da disputa presidencial, Lula amplia sua vantagem. O ex-presidente aparece com 46% das intenções de voto contra 28% de Bolsonaro. Ciro Gomes tem 4%, Janones, 2%, Simone Tebet e Eduardo Leite, têm 1%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
  • Lula - 46%;
  • Bolsonaro - 28%;
  • Ciro Gomes - 4%;
  • André Janones - 2%;
  • Simone Tebet - 1%;
  • Eduardo Leite - 1%.

Segundo turno

Na projeção de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o petista fica com 52% das intenções de voto contra 30% de seu adversário. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em um segundo turno entre Lula e Ciro Gomes, o ex-presidente tem 50% contra 19%. 

A disputa mais acirrada fica entre Bolsonaro (33%) e Ciro (32%). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rejeição

O candidato mais rejeitado pelos mineiros é Doria (64%). Em seguida aparecem Moro (63%) e Bolsonaro (62%). Na sequência: Ciro Gomes (55%), Eduardo Leite (52%), Felipe D'Avila (48%), Simone Tebet (44%), Lula (42%) e André Janones (36%). 

Avaliação do governo

Dentre os eleitores mineiros, 48% avaliam negativamente o governo Bolsonaro. O governo federal é péssimo para 35% e ruim para 13%. 

Dentre os que aprovam a condução do país por Bolsonaro, 10% consideram o mandato ótimo e 15% bom. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

São 10% os que enxergam o governo como regular negativo e 15% os que avaliam como regular positivo. 2% não souberam ou não responderam.   

A avaliação negativa de Bolsonaro caiu cinco pontos em dois meses, segundo o levantamento.

A pesquisa foi realizada de maneira presencial entre 14 e 17 de abril e ouviu 1.500 pessoas. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é 2,5 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-08181/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email