Em tentativa desesperada de compra de votos, Covas anuncia pagamento de auxílio de R$ 100

Em uma manobra desesperada de compra de votos, Bruno Covas, candidato à reeleição à Prefeitura de São Paulo, anunciou nesta quarta-feira (25) que vai pagar R$ 100 a título de complemento do auxílio emergencial

Bruno Covas
Bruno Covas (Foto: Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Em disputa eleitoral acirrada com Guilherme Boulos, o candidato do PSOL e de todas as forças progressistas, o prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) disse nesta quarta-feira (25) que chegou a um acordo com a Caixa Econômica Federal para pagar o complemento de R$ 100 mensais ao auxílio emergencial do governo federal. 

A declaração foi feita durante uma caminhada com apoiadores na Avenida Paulista. 

Em relação ao pagamento do complemento do auxílio emergencial, Covas afirmou que o programa atenderá os beneficiários do Bolsa Família da cidade. No começo de dezembro, eles receberão as parcelas de outubro, novembro e dezembro em um depósito único em suas contas na Caixa Econômica, informa o UOL.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email