Esquerda ergue novo busto do guerrilheiro Carlos Lamarca. Salles havia retirado homenagem

O guerrilheiro Carlos Lamarca foi morto pela ditadura militar há 50 anos, em 17 de setembro de 1971

Busto em homenagem ao guerrilheiro Carlos Lamarca em Cajati (SP)
Busto em homenagem ao guerrilheiro Carlos Lamarca em Cajati (SP) (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Representantes da esquerda inauguraram na sexta-feira (17) um busto do guerrilheiro Carlos Lamarca, morto pela ditadura militar há 50 anos, em 17 de setembro de 1971. 

Em 2017, o então secretário de Meio Ambiente, Ricardo Salles, decidiu remover uma homenagem parecida. O novo busto foi erguido em um parque em Cajati (SP).

Lamarca foi "completamente avesso ao golpe civil-militar de 1964", demonstrava "profundo incômodo com o cenário político" e arquitetou uma "organização mais atuante, tanto na oposição ao novo regime, quanto na luta pela construção do socialismo no Brasil", explica a historiadora Juliana Marques do Nascimento, pesquisadora da Universidade Federal Fluminense (UFF), à BBC

PUBLICIDADE

"Lamarca foi um líder para as esquerdas revolucionárias que pouco ou nada atingiram as camadas populares. Foi um líder para um nicho muito específico no Brasil da ditadura. E se tornou vítima da ditadura: foi assassinado por suas ideias políticas", afirma. (Com informações da coluna Painel, na Folha de S.Paulo). 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email