Estudantes protestam ocupando o Instituto de Ciências Sociais da UFRJ devido à negligência com o edifício histórico

A manifestação teve início no dia 13 de novembro e busca agilizar os processos de reestruturação da instituição

UFRJ
UFRJ (Foto: Artur Moês/Coordcom/UFRJ)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em protesto pela situação da estrutura da universidade, estudantes ocuparam a sede do Instituto de Ciências Sociais da UFRJ. A manifestação teve início no dia 13 de novembro e busca chamar a atenção pelos riscos da unidade, os estudantes demandam uma reforma elétrica e estrutural, além de uma troca na empresa terceirizada responsável pela limpeza do prédio. Segundo matéria divulgada pelo Globo, a intenção é que o processo seja iniciado e finalizado em 120 dias com as necessidades demandadas pelos alunos, esses que passam diariamente no local.

O corpo discente reivindica ainda a substituição da empresa encarregada dos funcionários terceirizados encarregados da limpeza nas instalações do IFCS. A Construir, que atua na UFRJ há dois anos, enfrenta acusações de atraso no pagamento dos salários, especialmente no final do ano. No ano de 2022, os salários dos funcionários só foram pagos após o período natalino.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247