“Eu não sou tucano, que abandona a prefeitura", afirma Guilherme Boulos

"Eleito prefeito de São Paulo, vou governar os quatro anos e vou fazer o melhor governo da história dessa cidade", disse nesta terça-feira o candidato do PSOL. "Vai ser a maior honra da minha vida"

Guilherme Boulos e João Doria
Guilherme Boulos e João Doria (Foto: Twitter | Divulgação/Secom)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O candidato a prefeito de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos, disse nesta terça-feira em entrevista ao UOLUOL que não fará como o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que abandonou a prefeitura da cidade para concorrer ao governo do estado, deixando como sucessor o atual prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB).

“Eu não sou tucano, que abandona a prefeitura. Governar a cidade em que eu nasci, a cidade em que eu vivo, vai ser a maior honra da minha vida. Eleito prefeito de SP, vou governar os quatro anos e vou fazer o melhor governo da história dessa cidade", falou.

Boulos ainda comentou sobre ter ao seu lado a ex-prefeita e candidata a vice, Luiza Erundina. “Tenho o maior orgulho de ter a Luiza Erundina como vice. Ela foi a melhor prefeita que SP já teve. Deixou um legado incrível, inverteu prioridades e chamou as pessoas para a participação popular".

Para o candidato, “o principal fator que fez a gente crescer foi uma onda de mudança e de esperança. Praticamente 70% dos eleitores votaram pela mudança. E mesmo com 40% de desconhecimento, eu tive 20% dos votos. Imagina agora no segundo turno, com tempo igual de TV".

Sobre seu governo, Boulos disse que a administração será pautada no diálogo, participação e descentralização. “Eu vou construir diálogo. Quem governa com ódio é o Bolsonaro, não sou eu. Minha trajetória no movimento social é uma trajetória de diálogo. Mas não vou aceitar toma lá, dá cá. Não vou aceitar entregar subsecretaria em troca de votos. Democracia não pode ser só apertar um botão a cada 4 anos. Tem que ser um exercício de participação permanente. Vamos fazer isso por meio da descentralização. Participação social é uma característica das democracias maduras e é isso que vou buscar".

Guilherme Boulos recebeu nesta terça-feira apoio do ex-presidente Lula e do PT.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email