Feriados durante a Rio+20

Prefeito Eduardo Paes vai enviar projeto de lei Cmara do Rio;pedido veio da Casa Civil do Planalto;proposta decreta feriado entre os dias 20 e 22 de junho, quando 100 chefes de Estado estaro na cidade

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, vai encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal para que seja decretado feriado municipal durante os três dias da reunião de cúpula da Rio+20, no período de 20 a 22 de junho. O governo fluminense atenderá a pedido feito hoje (20) pelo governo federal.

Segundo a ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann, a ideia é evitar transtornos ao evento e à população carioca. “Nós temos mais de 100 chefes de Estado. Vamos ter uma estrutura de organização muito grande e vai precisar de agilidade nos deslocamentos. Então, não queremos nem incomodar a cidade nem deixar o evento com dificuldade”, afirmou a ministra.

O pedido foi feito durante uma reunião dos governos federal, estadual e municipal para acertar detalhes da organização da conferência das Nações Unidas. Segundo Gleisi, entre os assuntos discutidos na reunião de hoje, no Palácio da Cidade, no Rio de Janeiro, está a adequação da Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste da cidade, para servir como ponto de chegada de delegações, juntamente com o Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão.

Segundo o prefeito Eduardo Paes, o pedido para decretar feriado será encaminhado na próxima semana, em caráter de urgência. “É uma quantidade muito grande de chefes de Estado. Num dia de semana normal, é muito difícil fazer esses deslocamentos, sem causar um nó, um transtorno”, afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email