Filho de Cabral pode assumir o Esporte

Em encontro com Michel Temer, o presidente da Alerj e da sigla no Rio, Jorge Picciani, teria tratado da possibilidade de emplacar necessidade o secretário estadual de Esporte, Marco Antônio Cabral — filho do ex-governador Sérgio Cabral, no Ministério do Esporte, em referência a uma agenda para o Rio pós-Olimpíadas

Em encontro com Michel Temer, o presidente da Alerj e da sigla no Rio, Jorge Picciani, teria tratado da possibilidade de emplacar necessidade o secretário estadual de Esporte, Marco Antônio Cabral — filho do ex-governador Sérgio Cabral, no Ministério do Esporte, em referência a uma agenda para o Rio pós-Olimpíadas
Em encontro com Michel Temer, o presidente da Alerj e da sigla no Rio, Jorge Picciani, teria tratado da possibilidade de emplacar necessidade o secretário estadual de Esporte, Marco Antônio Cabral — filho do ex-governador Sérgio Cabral, no Ministério do Esporte, em referência a uma agenda para o Rio pós-Olimpíadas (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em encontro com Michel Temer, o presidente da Alerj e da sigla no Rio, Jorge Picciani, teria tratado da possibilidade de emplacar necessidade o secretário estadual de Esporte, Marco Antônio Cabral — filho do ex-governador Sérgio Cabral, no Ministério do Esporte, em referência a uma agenda para o Rio pós-Olimpíadas.

“Temos certeza que o presidente Michel saberá prestigiar a bancada do PMDB, mantendo os espaços conquistados”, afirma Leonardo Picciani.

O vice vai se reunir hoje com o líder do partido na Câmara, Leonardo Picciani (RJ).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email