Flamengo mira 100% de aproveitamento na reta final

Com 55 pontos e na sexta posio do Campeonato Brasileiro, Flamengo precisa da vitria contra o Figueirense, na prxima quinta-feira (17) para voltar ao 'G5'

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Conquistar 12 pontos em quatro partidas. Esta é a meta do Flamengo nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, para ainda seguir na briga por uma vaga na Libertadores e, quem sabe, pensar até no título. Na sexta colocação, com 55 pontos - seis atrás do líder Corinthians -, a equipe carioca tem a mesma pontuação do Botafogo, que hoje se classificaria para competição continental, e sabe que não pode tropeçar se quiser alcançar seu objetivo.

 

"É um momento em que não podemos pensar em perder pontos. Não podemos perder nosso equilíbrio e nossa concentração. Ano passado nossa fase era muito ruim, vivíamos uma situação muito complicada. Hoje, brigamos pelo título. O Brasileiro é o campeonato mais competitivo do mundo e todos que estão lá na frente ainda têm chance de vencer", apontou o meia Renato.

 

Apesar de sonhar com o título, o jogador admitiu que o pensamento da equipe, neste momento, é a Libertadores. "Nesse momento, nosso primeiro objetivo é garantir uma vaga na Libertadores. Esse pensamento não se apagou em nosso time. Temos qualidade, camisa e jogadores para conseguir isso. Para isso, vamos em busca de quatro vitórias. Aí, se bobearem novamente, já que dependemos de resultados, pensaremos em brigar pelo título. O importante é fazer a nossa parte e esquecer dos outros. Temos confrontos diretos pela frente e precisamos esquecer todas as críticas e tropeço", disse Renato.

 

O primeiro passo para conquistar tal objetivo é vencer nesta quinta-feira. O Flamengo receberá o surpreendente Figueirense, que é quarto colocado, com 56 pontos. E não quer saber de derrota no Engenhão. Para conquistar os três pontos, os jogadores do time carioca sabem que não poderão contar apenas com a maior tradição da camisa.

 

"O futebol mudou muito. Antigamente, a camisa vencia sozinha. Hoje em dia, nossa torcida faz muita diferença, pesa muito, mas temos que mostrar trabalho dentro das quatro linhas. Temos que entrar 100% para vencer. Nós sabemos como é o futebol e não tem essa de surpresa. Pode até ter para a imprensa, mas para nós, não. Independente do tamanho do clube que enfrentaremos, vamos jogar tudo o que podemos para vencer", avaliou Renato.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email