Flávio Bolsonaro não comparece a acareação com Paulo Marinho no MPF

Paulo Marinho chegou por volta das 14h30 à sede do Ministério Público Federal, no Centro do Rio. "Com certeza alguém mentiu, né? E não fui eu", disse Marinho ao chegar

www.brasil247.com - Paulo Marinho e Flávio Bolsonaro
Paulo Marinho e Flávio Bolsonaro (Foto: Reprodução/Globonews | ABr)


247 - O senador Flávio Bolsonaro faltou a uma acareação com o empresário Paulo Marinho nesta segunda-feira (21), para esclarecer informações sobre o suposto vazamento da Operação Furna da Onça, em 2018.

Segundo o G1, Paulo Marinho chegou por volta das 14h30 à sede do Ministério Público Federal, no Centro do Rio. "Com certeza alguém mentiu, né? E não fui eu", disse Marinho ao chegar. 

O advogado de Flávio Bolsonaro disse que ele estaria no Amazonas e que entrou com uma petição para marcar a acareação para 5 de outubro, no gabinete dele, em Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o empresário Paulo Marinho, Flávio Bolsonaro contou que Victor Granado, advogado do senador filho de Jair Bolsonaro, soube da operação com antecedência por um delegado da Polícia Federal e o avisou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Flávio Bolsonaro não era investigado na Furna da Onça, mas foi na operação que apareceu um relatório de inteligência do antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre uma movimentação financeira suspeita de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio. O relatório acabou sendo usado pela investigação da "rachadinha".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email