Fluminense aposta na volta de Deco para se reabilitar

Em situao crtica aps derrota para o Amrica-MG, tricolor precisa ganhar do Grmio, nesta quarta-feira (16), no Engenho; time sentiu a ausncia do meio Deco

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A inesperada derrota para o então lanterna América-MG, no último sábado, no Rio, deixou o Fluminense em situação crítica na luta pelo título do Brasileirão. Com o time na terceira colocação, cinco pontos atrás do líder Corinthians, os jogadores pregam que a conquista ainda é possível. Mas, para seguir acreditando, é preciso ganhar do Grêmio, nesta quarta-feira, a partir das 20h30 no Engenhão.

No jogo contra o América-MG, um dos motivos do mau rendimento do Fluminense foi a ausência do meia Deco, que estava suspenso. De volta ao time, junto com o lateral-esquerdo Carlinhos (também cumpriu suspensão), ele traz a esperança de um triunfo que coloque o clube carioca em boa posição para garantir uma vaga na Libertadores, além de manter vivo o sonho do título no Brasileirão.

"Com certeza, a diferença abriu um pouco, mas matematicamente ainda temos chances e acreditamos nisso. Contra o Grêmio vai ser mais uma decisão", comentou o goleiro Diego Cavalieri, que faz um alerta sobre o favoritismo do Fluminense nesta quarta-feira. "Independentemente da equipe deles estar bem ou não, quando vai para o campo busca a vitória. Eles vão se doar ao máximo e precisamos estar muito atentos."

O desfalque do Fluminense nesta 35ª rodada do campeonato é o volante Edinho, suspenso. Diguinho deve ser o escolhido para entrar no meio-de-campo. Enquanto isso, Deco retoma a posição que foi do argentino Lanzini na última partida e Carlinhos ocupa a lateral-esquerda no lugar de Jefferson.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email