Foragida: justiça dá 24 horas para mulher de Queiroz se apresentar e colocar tornozeleira eletrônica

A Justiça do Rio de Janeiro mandou intimar a esposa de Queiroz, Márcia Oliveira, para comparecer à central de monitoramento no prazo de 24 horas para colocar a tornozeleira

Márcia Oliveira de Aguiar e Fabrício Queiroz
Márcia Oliveira de Aguiar e Fabrício Queiroz (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Foragida da justiça desde o dia 18 de junho e depois beneficiada com um habeas corpus para cumprir prisão domiciliar, a mulher do ex-assessor Fabrício Queiroz, Márcia Oliveira Aguiar, ainda não compareceu para colocar a tornozeleira eletrônica para monitoramento.

O desembargador Milton Fernandes de Souza mandou intimar, nesta quinta-feira (16), Márcia Oliveira para comparecer à central de monitoramento no prazo de 24 horas para colocar a tornozeleira. A informação é do jornal O Globo.

De acordo com a reportagem, o advogado de Márcia afirmou que ainda aguarda a notificação da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para colocar o aparelho de monitoramento eletrônico.

O casal é investigado por participação num esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro quando era deputado estaduaol na Assembleia Legislativa do estado 

Márcia teve a prisão decretada dia 18 de junho, pelo então juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247