Frente Favela Brasil tem encontro com Boulos e Psol

Nos próximos dias, partido se reunirá também com Marina Silva e Manuela D’Ávila; objetivo é discutir os rumos das eleições deste ano

Nos próximos dias, partido se reunirá também com Marina Silva e Manuela D’Ávila; objetivo é discutir os rumos das eleições deste ano
Nos próximos dias, partido se reunirá também com Marina Silva e Manuela D’Ávila; objetivo é discutir os rumos das eleições deste ano (Foto: Leonardo Attuch)

Da revista Fórum O partido recém-fundado Frente Favela Brasil (FFB) se reuniu com integrantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), no gabinete do deputado estadual Marcelo Freixo, no Rio de Janeiro, para discutir os rumos das eleições deste ano. Além de Freixo, estavam presentes na reunião o nome mais cotado para sair candidato a presidente pelo PSOL Guilherme Boulos, o pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, Tarcísio Mota, e a vereadora carioca Marielle Franco. Pela FFB, estiveram no encontro a rapper Nega Gizza, pré-candidata a deputada estadual, e o diretor de cinema Anderson Quack, pré-candidato a deputado federal, entre outros.

Como não teve tempo hábil de conseguir uma sigla, a Frente avalia por qual partido vai lançar os seus candidatos para os parlamentos, e ainda estuda concorrer em alguma eleição majoritária. O PSOL reforçou o convite à FFB a receber os seus candidatos. “Vivemos tempos muito difíceis na política, e chegou a hora de nos unirmos contra tudo o que está aí. Acreditamos que um movimento vindo das favelas e periferia como a Frente Favela Brasil vai nos dar muita força estando ao nosso lado nestas eleições”, disse Guilherme Boulos.

No próximo dia 5 de março, a Frente Favela Brasil vai se reunir com a pré-candidata à residência da República pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Manuela D’Ávila, em São Paulo. Depois, no dia 7 de março, é a vez da pré-candidata ao pleito presidencial pela Rede Sustentabilidade (REDE), Marina Silva, conversar com os membros da FFB, no Rio de Janeiro.

“A reunião foi muito importante para traçarmos as nossas metas, nesta reta final. Agradecemos ao PSOL e ficamos honrados por ver o respeito e entusiasmo que o partido tem pelas nossas ideias”, falou Anderson Quack. “Mas ainda vamos fazer alguns encontros pontuais antes de tomarmos a nossa decisão final”, completou o diretor de cinema.

O partido ainda pretende realizar um encontro com a cúpula do Partido Democrático Trabalhista (PDT), antes de realizar o seu congresso final em meados de março.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247