Gabeira tenta apagar suas fotos com o MBL

Infelizmente, tarde demais. Sua ligação com os pequenos fascistas já é mais famosa que a tanga de crochê que o jornalista, escritor e ex-deputado usou na praia ao voltar do exílio; leia post do DCM

Infelizmente, tarde demais. Sua ligação com os pequenos fascistas já é mais famosa que a tanga de crochê que o jornalista, escritor e ex-deputado usou na praia ao voltar do exílio; leia post do DCM
Infelizmente, tarde demais. Sua ligação com os pequenos fascistas já é mais famosa que a tanga de crochê que o jornalista, escritor e ex-deputado usou na praia ao voltar do exílio; leia post do DCM (Foto: Leonardo Attuch)

Do DCM

Como Luciano Huck, que apagou de suas redes sociais as fotos com toda sua turma de amigos acusados de diferentes crimes, Fernando Gabeira correu para limar registros de seus encontros com os censores do MBL após o caso Santander. 

Infelizmente, tarde demais. Sua ligação com os pequenos fascistas já é mais famosa que a tanga de crochê que o jornalista, escritor e ex-deputado usou na praia ao voltar do exílio.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247