Gerente de restaurante é preso por dar banana a entregadores

Ascendino Correia Leal, gerente do restaurante Garota da Tijuca, na zona norte do Rio, foi preso em flagrante por injúria racial após dar bananas a três entregadores negros, em uma homenagem a eles pelo Dia da Consciência Negra; segundo o delegado Celso Ribeiro, da 19ª DP, os depoimentos indicam que Leal acreditou estar fazendo uma brincadeira - "de mau gosto"

Ascendino Correia Leal, gerente do restaurante Garota da Tijuca, na zona norte do Rio, foi preso em flagrante por injúria racial após dar bananas a três entregadores negros, em uma homenagem a eles pelo Dia da Consciência Negra; segundo o delegado Celso Ribeiro, da 19ª DP, os depoimentos indicam que Leal acreditou estar fazendo uma brincadeira - "de mau gosto"
Ascendino Correia Leal, gerente do restaurante Garota da Tijuca, na zona norte do Rio, foi preso em flagrante por injúria racial após dar bananas a três entregadores negros, em uma homenagem a eles pelo Dia da Consciência Negra; segundo o delegado Celso Ribeiro, da 19ª DP, os depoimentos indicam que Leal acreditou estar fazendo uma brincadeira - "de mau gosto" (Foto: Roberta Namour)

247 - Ascendino Correia Leal, gerente do restaurante Garota da Tijuca, na zona norte do Rio, foi preso em flagrante por injúria racial após dar bananas a três entregadores negros, na última sexta-feira, 20. Segundo eles, Leal afirmou estar prestando uma homenagem a eles pelo Dia da Consciência Negra.

O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca). O gerente ficou preso até pagar fiança de R$ 800.

Segundo o delegado Celso Ribeiro, da 19ª DP, os depoimentos indicam que Leal acreditou estar fazendo uma brincadeira - "de mau gosto".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247