Gilmar Mendes determina suspensão de ação penal contra Alexandre Baldy

O ministro Gilmar Mendes decidiu suspender a ação penal contra o secretário licenciado de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy, até que o STF decida se o caso deve ser, ou não, encaminhado à Justiça Eleitoral

PF prende o Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy 6 de agosto de 2020
PF prende o Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy 6 de agosto de 2020 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes decidiu nesta quarta-feira (23), de acordo com Bela Megale, do jornal O Globo, suspender a ação penal contra o secretário licenciado de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy.

Baldy é acusado, no âmbito da força-tarefa da Lava-Jato do Rio de Janeiro, de receber propina de dirigentes da organização social Pró-Saúde e da empresa Vermute entre 2014 a 2018, enquanto atuava como ministro das Cidades do ex-presidente Michel Temer. Delatores afirmam que o secretário recebia pagamentos para fins eleitorais. Advogados de defesa alegam, portanto, que a Justiça Federal não tem competência para acompanhar o caso.

Gilmar Mendes suspendeu a ação, assim como medidas cautelares como buscas e apreensão e o sequestro de bens, até que o STF decida se irá encaminhar, ou não, a investigação à Justiça Eleitoral.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247