Goleiro do Flamengo quer se redimir e reconhecer filho de Eliza Samudio

Jogador Bruno est preso sob acusao de mandar matar a me do menino; advogado de defesa afirma que ele vai reconhecer a paternidade do menino, que tem hoje dois anos, e pagar penso; volta aos campos pelo clube no est descartada, se for colocado em liberdade

247 - O goleiro Bruno deve reconhecer legalmente a paternidade do filho de Eliza Samudio, sua ex-amante, morta em 2010. O reconhecimento deve ser feito por escritura pública. O jogador do Flamengo também deve ter julgado pedido de liberdade provisória nesta quinta (10) e clube não descarta a volta aos campos.

Segundo o advogado Rui Pimenta, responsável pela defesa do jogador, o reconhecimento será feito junto à Vara da Família da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“A pensão será estipulada em 10% sobre todos os ganhos e bens do jogador, divididos pelos três filhos”, adiantou o advogado de defesa, Rui Pimenta, ao site UOL Esporte.

Bruno é acusado de ter matado Eliza Samudio.

De volta ao Fla

O clube da Gávea não descarta a volta de Bruno aos gramados, caso ele seja colocado em liberdade. Segundo diretores, não há impedimento legal para isso, mas dependerá da avaliação da presidente Patricia Amorim.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247