Grupo neonazista ameaça gays, muçulmanos e negros desde 2015

Em meio à "ameaça terrorista" nos Jogos da Rio 2016, o blog Descolonizações lembrou que em setembro de 2015, foram divulgadas fotos de cartazes do grupo neonazista Imperial Klans of America - Brasil, que foram espalhados por Niterói; os cartazes espalhados por postes e muros ameaçavam homossexuais, muçulmanos, judeus, comunistas, negros, anarquistas e antifas; "Até o presente momento, nenhuma megaoperação da Polícia Federal quebrou sigilo telefônico ou eletrônico, nenhuma prisão foi efetuada e nenhum presidente ou secretario de segurança pública de governo eleito ou interino demonstrou preocupação"

Em meio à "ameaça terrorista" nos Jogos da Rio 2016, o blog Descolonizações lembrou que em setembro de 2015, foram divulgadas fotos de cartazes do grupo neonazista Imperial Klans of America - Brasil, que foram espalhados por Niterói; os cartazes espalhados por postes e muros ameaçavam homossexuais, muçulmanos, judeus, comunistas, negros, anarquistas e antifas; "Até o presente momento, nenhuma megaoperação da Polícia Federal quebrou sigilo telefônico ou eletrônico, nenhuma prisão foi efetuada e nenhum presidente ou secretario de segurança pública de governo eleito ou interino demonstrou preocupação"
Em meio à "ameaça terrorista" nos Jogos da Rio 2016, o blog Descolonizações lembrou que em setembro de 2015, foram divulgadas fotos de cartazes do grupo neonazista Imperial Klans of America - Brasil, que foram espalhados por Niterói; os cartazes espalhados por postes e muros ameaçavam homossexuais, muçulmanos, judeus, comunistas, negros, anarquistas e antifas; "Até o presente momento, nenhuma megaoperação da Polícia Federal quebrou sigilo telefônico ou eletrônico, nenhuma prisão foi efetuada e nenhum presidente ou secretario de segurança pública de governo eleito ou interino demonstrou preocupação" (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - No momento em que a Polícia Federal, sob a tutela do governo interino de Michel Temer, realizou uma operação com alarde para prender brasileiros suspeitos de planejarem supostos atentados terroristas nos jogos da Rio 2016, o blog Descolonizações lembrou que em setembro de 2015, foram divulgadas fotos de cartazes do grupo neonazista Imperial Klans of America - Brasil, que foram espalhados por Niterói.

Os cartazes espalhados por postes e muros ameaçavam homossexuais, muçulmanos, judeus, comunistas, negros, anarquistas e antifas. "Até o presente momento, nenhuma megaoperação da Polícia Federal quebrou sigilo telefônico ou eletrônico, nenhuma prisão foi efetuada e nenhum presidente ou secretario de segurança pública de governo eleito ou interino demonstrou preocupação", lembra o blog. 

 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247