Haddad defende Manuela e diz que ambos derrotarão o fascismo

Cabeça da chapa presidencial que teve Manuela D´Ávilla (PCdoB-RS) como vice, em 2018, Fernando Haddad (PT-SP) escreveu neste sábado mensagen de apoio à ex-deputada, dizendo que ela "tem sido vítima dos golpes mais baixos desde a campanha" e que seguirão "firmes até derrotar o fascismo"

(Foto: Thallita Oshiro)

247 - Cabeça da chapa presidencial que teve Manuela D´Ávilla (PCdoB-RS) como vice, em 2018, Fernando Haddad (PT-SP) escreveu neste sábado mensagen de apoio à ex-deputada, dizendo que ela "tem sido vítima dos golpes mais baixos desde a campanha" e que seguirão "firmes até derrotar o fascismo".

Já Pablo Capilé, da Casa Fora do Eixo, lembrou que, diferentemente da "corja que governa o país", Manuela "se prontificou na hora a entregar todas as mensagens de seu celular para a justiça". 

Citada no depoimento do "hacker" Walter Delgatti à Polícia Federal, em nota, Manuela D'Ávila confimou que repassou o contato do jornalista Glenn Greenwald, mas que a pessoa não era necessariamente Walter. "Sem se identificar, mas dizendo morar no exterior, afirmou que queria divulgar o material por ele coletado para o bem do país, sem falar ou insinuar que pretendia receber pagamento ou vantagem de qualquer natureza", explicou.

Com Manuela sob ataque da direita, apoiadores da ex-deputada colocaram a hashtag #EuApoioManu entre as mais comentadas no Twitter. Veja algumas manifestações:

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247