Hospitais privados de SP limitam visitas a mulheres grávidas e bebês

Mulheres grávidas podem entrar apenas com seu acompanhante, e com direito a realização de apenas uma troca ao longo do dia

Pandemia do coronavírus já mata mais de mil pessoas por dia em todo o mundo, diz OMS
Pandemia do coronavírus já mata mais de mil pessoas por dia em todo o mundo, diz OMS (Foto: CHINA DAILY/REUTERS)

247 - Hospitais privados que atuam com maternidade na cidade de São Paulo limitaram visitas a mulheres grávidas e bebês, para evitar aglomerações e respectivamente o contágio pela Covid-19. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

Apenas um acompanhante de mulheres grávidas pode entrar no hospital Santa Joana, da rede que inclui o Pro Matre e Santa Maia, com direto a uma substituição ao longo do dia.    

Um questionário que apresenta o quadro sintomático do novo coronavírus é realizado às pessoas que chegam aos hospitais da rede privada, aponta a reportagem.  

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247