Humilhação aos pobres consolida ditadura Temer

Imagens de pobres fichados nas comunidades carentes do Rio de Janeiro arruína de vez a imagem do Brasil, que vem sendo pisoteada desde o golpe de 2016; depois do golpe dos políticos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff e da condenação sem provas do ex-presidente Lula, para retirá-lo das eleições de 2018, o Brasil, antes admirado, passa a ser o País em que um usurpador da presidência, denunciado por corrupção e comando de quadrilha, coloca o Exército nos morros para fichar os pobres; em dois anos de golpe, Brasil retrocede dois séculos

Imagens de pobres fichados nas comunidades carentes do Rio de Janeiro arruína de vez a imagem do Brasil, que vem sendo pisoteada desde o golpe de 2016; depois do golpe dos políticos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff e da condenação sem provas do ex-presidente Lula, para retirá-lo das eleições de 2018, o Brasil, antes admirado, passa a ser o País em que um usurpador da presidência, denunciado por corrupção e comando de quadrilha, coloca o Exército nos morros para fichar os pobres; em dois anos de golpe, Brasil retrocede dois séculos
Imagens de pobres fichados nas comunidades carentes do Rio de Janeiro arruína de vez a imagem do Brasil, que vem sendo pisoteada desde o golpe de 2016; depois do golpe dos políticos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff e da condenação sem provas do ex-presidente Lula, para retirá-lo das eleições de 2018, o Brasil, antes admirado, passa a ser o País em que um usurpador da presidência, denunciado por corrupção e comando de quadrilha, coloca o Exército nos morros para fichar os pobres; em dois anos de golpe, Brasil retrocede dois séculos (Foto: Gisele Federicce)

247 - Circularam nesta sexta-feira 23 imagens de pobres fichados pelo Exército nas comunidades carentes do Rio de Janeiro. Moradores - qualquer um que passasse - tiveram que mostrar o documento e registrar foto para os soldados.

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro informou que vai requerer às Forças Armadas informações pelas fotos de moradores da Vila Kennedy, na zona oeste, feitas por militares. "Tem de haver transparência. Para onde estão sendo mandadas essas imagens? Isto remonta a práticas antigas, da ditadura", afirmou o defensor Daniel Lozoya. Em texto assinado por outro defensor, o órgão também manifestou "sua veemente discordância com o 'fichamento' de moradores de comunidades fluminenses".

O fato arruína de vez a imagem do Brasil, que vem sendo pisoteada desde o golpe de 2016. Depois do golpe dos políticos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff e da condenação sem provas do ex-presidente Lula, para retirá-lo das eleições de 2018, o Brasil, antes admirado, passa a ser o País em que um usurpador da presidência, denunciado por corrupção e comando de quadrilha, coloca o Exército nos morros para humilhar os pobres.

Inscreva-se na TV 247 e assista ao Boa Noite 247 desta sexta, que debateu o tema:

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247