Indignados, moradores protestam em Niterói

Centenas de moradores vestiram branco para protestar contra o crescimento da violncia na cidade; na tarde deste sbado, na praia de Icara, caminharam e depois fizeram silncio pelas vtimas mortas em assaltos no ltimo ms;Secretaria de Segurana est implantando medidas para conter violncia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Moradores de Niterói fizeram terceiro protesto, em 20 dias, por mais segurança no município. Na tarde deste sábado (21), na praia de Icaraí, área nobre da cidade, centenas de pessoas sa[iram de casa vestindo roupas brancas e participaram de caminhada na areia. Cantaram o Hino Nacional e depois fizeram silêncio pelas vítimas da violência na cidade. No último mês pelo menos cinco pessoas morreram após assaltos nos bairros Ingá, Icaraí e Itaipu, na região oceânica do município.

Manifestação foi iniciada pelas redes sociais por Rafael Costa. Segundo ele, a idéia é mostrar que a população está com medo e indignada com a crescente onda de crimes que invade a cidade.

O Secretário de Segurança do estado, José Mariano Beltrame, esteve na cidade na última semana para acompanhar a implantação das medidas anunciadas há 15 dias. O comandante do 12o Batalhão da Polícia Militar, Wolney Dias, mudou o escritório do comando para uma unidade móvel. Mais 200 policiais chegaram à unidade na última terça-feira, a polícia civil fez incursões no Morro do Preventório, no bairro Charitas, na quarta-feira (18). Entre as ações determinadas por Beltrame, também estão uma base de cavalaria montada, duas companhias destacadas nos morros Cavalão e do Estado, que devem começar policiamento nos próximos dias. A Prefeitura também anunciou que vai contratar, por meio de convênio com o Estado, mais 100 policiais militares em horário de folga, para policiamento à pé.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email