Ivan Valente condena censura judicial imposta a Nassif

"É inaceitável qualquer tipo de Censura. Banqueiro acobertado pela Justiça, GGN não poder falar do BTG Pactual", criticou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP)

Ivan Valente
Ivan Valente (Foto: Luis Macedo - Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) criticou a decisão do Judiciário do Rio, que determinou ao jornal GGN a retirada de todas as reportagens sobre o banco BTG Pactual. 

"É inaceitável qualquer tipo de Censura. Banqueiro acobertado pela Justiça, GGN não poder falar do BTG Pactual. Toda solidariedade a Luis Nassif e à  equipe do Jornal GGN", escreveu o parlamentar no Twitter.

O GGN publicou reportagens sobre a compra de carteiras de crédito de R$ 2,9 bilhões do Banco do Brasil. Foi a primeira cessão de carteira do Banco do Brasil a uma entidade financeira que não integra o conglomerado. 

Também chamou a atenção a falta de transparência sobre os possíveis lucros, ou como o BTG teria a capacidade de recuperar as perdas desse suposto crédito podre.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247