Jilmar Tatto assina carta de compromisso com população em situação de rua

Ele se juntou com o Movimento Nacional da População de Rua, Movimento Estadual da População em Situação de Rua e Fórum da Cidade - entidades que reivindicam políticas públicas voltadas para atender moradores de rua

Candidato à prefeitura Jilmar Tatto (PT)
Candidato à prefeitura Jilmar Tatto (PT) (Foto: Filipe Araújo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Jilmar Tatto, assinou, nesta sexta-feira, 16, uma Carta Compromisso com a População em Situação de Rua, que propõe atender pelo menos 24,3 mil moradores de rua da capital paulista.

Ele se juntou com o Movimento Nacional da População de Rua, Movimento Estadual da População em Situação de Rua e Fórum da Cidade - entidades que reivindicam políticas públicas voltadas para atender este grupo.

“É fundamental oferecer serviços de acolhimento adequados, públicos, gratuitos e de qualidade, bem como disponibilizar uma rede de serviços capaz de auxiliar as pessoas em situação de rua a encontrar moradia, a reativar laços familiares, a encontrar oportunidades de trabalho e a acessar direitos sociais básicos, inclusive de renda”, afirma Jilmar Tatto, na carta compromisso.

Tatto também reforçou que é importante “abolir o caráter higienista” das políticas para moradores de rua, a exemplo dos “rapas” que recolhem pertences de maneira arbitrária. 

Em cada subprefeitura haverá uma equipe permanente de apoio à população, com plantão 24 horas, para proteger os moradores de rua da violência de Estado e civil. A equipe será formada por por assistente social, procurador do município ou advogado contratado, representante da Secretaria de Direitos Humanos e pessoa indicada pelos movimentos sociais, detalha o documento.

A proposta também propõe um programa de renda, uma política de moradia e assistência e passe livre para este grupo. Confira as propostas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247