Joice diz que Bolsonaro liberou fundão porque quis e não por risco de impeachment

"Falar que corre risco de impeachment por causa de um veto é uma mentira deslavada. Usar esse argumento é um estelionato com o eleitor", afirmou a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), após Jair Bolsonaro dizer que liberou fundo eleitoral de R$ 2 bilhões para não correr o risco de ser afastado do governo

(Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) reagiu à afirmação de Jair Bolsonaro de que sancionará o novo valor de R$ 2 bilhões para o fundo eleitoral para não correr o risco de sofrer impeachment

"Claro que é uma estratégia dele para mais uma vez jogar para a torcida e mais uma vez jogar o problema e o desgaste para o Congresso Nacional", disse Joice à coluna de Chico Alves, no Uol. "Falar que corre risco de impeachment por causa de um veto é uma mentira deslavada. Usar esse argumento é um estelionato com o eleitor", critica Joice.

Bolsonaro argumentou que o Tribunal Superior Eleitoral oficializou a receita no valor de R$ 2 bilhões e que se vetasse estaria desobedecendo à lei. A deputada questionou tal afirmação. "O presidente da República mandou texto com um valor de R$ 2,7 bilhões, como se estivesse apenas reajustando o Fundão, no estilo 'se colar, colou'. Ao ver esse número, o Partido Novo fez uma consulta ao TSE, que corrigiu o valor para R$ 2 bilhões. Foi isso o que aconteceu", continuou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247