Juiz da Lava Jato no Rio passa a andar com escolta e carro blindado

O juiz federal Marcelo da Costa Bretas, responsável pela prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e de Eike Batista,  precisou pedir à Justiça escolta e carro blindado; solicitação foi feita ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região em decorrência de “situações suspeitas”, disse uma fonte

Marcelo Bretas, juiz que mandou prender Sérgio Cabral
Marcelo Bretas, juiz que mandou prender Sérgio Cabral (Foto: Giuliana Miranda)

Rio 247 - O juiz federal Marcelo da Costa Bretas, responsável pela prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e de Eike Batista,  precisou pedir à Justiça escolta e carro blindado. A solicitação foi feita ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região em decorrência de “situações suspeitas”, disse uma fonte.

As informações são de Mariana Sallowicz no Estado de S.Paulo.

Na sexta-feira, o titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelos desdobramento da Lava Jato no Estado, tornou réus na Operação Eficiência Eike Batista e o ex-governador do Rio por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Bretas aceitou denúncia do Ministério Público Federal apresentada no mesmo dia.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247