Justiça determina prazos para reformas nos bondes

Governo do Rio e a Companhia Estadual de Engenharia de Transporte e Logstica precisam cumprir o prazo de 120 dias nas obras de recuperao de trilhos, reforma de estaes e restaurao dos bondes de Santa Teresa

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A Justiça determinou que o Governo do Rio e a Companhia Estadual de Engenharia de Transporte e Logística (Central) cumpram, no prazo de 120 dias, as obras de recuperação de trilhos, reforma de estações e restauração dos bondes de Santa Teresa.

De acordo com a decisão, dada pela 3ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital, entre outras providências, os órgãos deverão executar as obras previstas no Programa Estadual de Transportes (PET) para o funcionamento seguro dos bondes.

Deverão também restaurar, no prazo de 60 dias, os bondes pendentes de reforma e, no prazo de 120 dias, a oficina dos bondes, os cabos de energia suspensos, a via permanente de trilhos e o gradil sobre os Arcos da Lapa; reformar as estações da Carioca e Curvelo e remover intervenções irregulares nos trilhos e pavimentos.

A medida foi requerida através do titular da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural, promotor de Justiça Marcus Leal, após descumprimento do Programa Estadual de Transportes (PET) e de medidas judiciais determinadas em Ação Civil Pública (ACP) de 2008.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247