Justiça manda soltar dono da casa onde polícia achou 117 fuzis

Alexandre Mota, amigo do ex-PM Ronie Lessa, acusado de efetuar os disparos contra Marielle Franco, teve sua prisão preventiva revogada nesta segunda-feira 23 pela Justiça do Rio de Janeiro

Justiça manda soltar amigo de Ronie Lessa
Justiça manda soltar amigo de Ronie Lessa (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça do Rio de Janeiro decidiu revogar a prisão preventiva de Alexandre Motta, dono da casa onde a polícia encontrou 117 fuzis não completos durante a investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco.

A decisão foi da juíza Alessandra Bilac, que acolheu o parecer favorável do Ministério Público. Alexandre é amgio do ex-PM Ronie Lessa, acusado de efetuar os disparos contra Marielle.

A polícia achou as peças novas, em caixas e desmontadas. Ainda se apura se Ronnie Lessa traficava armas e escondia o material na casa de Alexandre. Na versão de Alexandre, todo o material era de Lessa, que apenas lhe pediu para guardar. Lessa negou as acusações.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email