Justiça manda transferir Garotinho para presídio de segurança máxima

O juiz Ralph Machado Manães Junior, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio da 98ª Zona Eleitoral, em Campos, determinou que o ex-governador Anthony Garotinho seja transferido da cadeia pública de Benfica pra um presídio de segurança máxima ainda nesta sexta-feira (24); magistrado mandou investigar a denúncia de Garotinho de suposta agressão na cadeia e disse que o ex-governador estaria "causando transtornos" e que "teria se autolesionado" 


O juiz Ralph Machado Manães Junior, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio da 98ª Zona Eleitoral, em Campos, determinou que o ex-governador Anthony Garotinho seja transferido da cadeia pública de Benfica pra um presídio de segurança máxima ainda nesta sexta-feira (24); magistrado mandou investigar a denúncia de Garotinho de suposta agressão na cadeia e disse que o ex-governador estaria "causando transtornos" e que "teria se autolesionado" 
O juiz Ralph Machado Manães Junior, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio da 98ª Zona Eleitoral, em Campos, determinou que o ex-governador Anthony Garotinho seja transferido da cadeia pública de Benfica pra um presídio de segurança máxima ainda nesta sexta-feira (24); magistrado mandou investigar a denúncia de Garotinho de suposta agressão na cadeia e disse que o ex-governador estaria "causando transtornos" e que "teria se autolesionado"  (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O juiz Ralph Machado Manães Junior, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio da 98ª Zona Eleitoral, em Campos, determinou que o ex-governador Anthony Garotinho seja transferido da cadeia pública de Benfica pra um presídio de segurança máxima ainda nesta sexta-feira (24).

"Fica autorizada ao juízo da VEP [Vara de Execuções Penais], em sintonia com a Seap, a transferência imediata do réu em tela para um Presídio de Segurança Máxima, visando assim garantir a integridade física do acusado e evitar novos questionamentos duvidosos".

Segundo o magistrado, o TRE recebeu informações antes das notícias sobre a suposta agressão contra Garotinho na cadeia. O magistrado afirma que recebeu informações de que ele estaria "causando transtornos" e que "teria se autolesionado".

"O caso acima apontado é extremamente grave e merece a devida apuração, o que já está sendo realizado pelo juízo da Vara de Execuções Penais deste Estado".

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247