Licitação da Ponte Rio-Niterói pode ser antecipada

Atual contrato, com a CCR, vence em 2015 e no prev obras consideradas prioritrias para o projeto da Copa e Olimpadas; ideia acelerar a ligao com a Linha Vermelha



A concessão da Ponte Rio-Niterói pode ser antecipada pelo governo federal. O atual contrato, com a CCR, vence em 2015 e não prevê obras consideradas prioritárias para o projeto da Copa e Olimpíadas. A ideia é a construção de uma via com a Linha Vermelha, no Rio, além de uma ponte e de um mergulhão do outro lado da baía, em Niterói. O assunto está sendo discutido na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que também vai propor mais obras na Dutra, na Rio-Teresópolis e na Rio-Juiz de Fora, mas neste caso deverá chegar a um acordo com as atuais concessionárias.

A CCR, empresa que atualmente administra a Ponte, afirma que não conhecia esta alternativa e informa que está negociando com o governo federal uma forma de fazer a ligação da via com a Linha Vermelha em troca de uma renegociação. A proposta incluiu uma prorrogação de seu contrato.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email