Light fará manutenção em comunidades pacificadas no Rio

Tcnicos da concessionria de energia esto percorrendo ruas e becos das favelas para identificar pontos da rede eltrica que precisam de manuteno

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A Light anunciou hoje que promoverá ações para garantir um fornecimento de energia mais seguro nas comunidades cariocas ocupadas pelas forças de segurança e à espera das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), como as favelas da Rocinha, do Vidigal e da Chácara do Céu.

Desde o início desta semana, a empresa destacou duas equipes de atendimento de emergência e manutenção para cuidar de possíveis ocorrências nesses locais. Técnicos da concessionária de energia também estão percorrendo as ruas e becos daquelas comunidades para identificar pontos da rede elétrica que precisam de manutenção e, assim, iniciar os reparos. Alguns gestores sociais também visitam moradores, dando dicas sobre segurança e uso eficiente da energia elétrica.

Para atendimentos comerciais, a Light está disponibilizando, até o próximo domingo, sua Agência Móvel, na Rocinha. Nela, a população do Vidigal, da Chácara do Céu, da própria Rocinha, além de moradores das redondezas, poderão fazer pedidos de abertura de contrato, aumento de carga, segunda via de contas, cadastramento da fatura em débito automático, alteração de dados cadastrais, além de obter informações sobre benefícios como a Tarifa Social.

A Light também prevê fazer um amplo diagnóstico da rede elétrica das comunidades, para iniciar, em 2012, uma reforma da rede de distribuição de energia e na regularização dos consumidores.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email