Malafaia pede boicote à Natura por campanha com Thammy Miranda e internautas rebatem

“Coloca uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais. Uma afronta aos valores cristãos", escreveu Malafaia sobre campanha que traz Thammy, um homem trans, ao lado da esposa e do filho

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O empresário Silas Malafaia usou a sua página nas redes sociais para tentar surfar na polêmica gerada por uma publicidade da Natura para o Dia dos Pais com Thammy Miranda.

A campanha traz Thammy, um homem trans, ao lado da esposa e do filho. Malafaia pediu um boicote à marca em suas redes sociais. “Coloca uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais. Uma afronta aos valores cristãos", escreveu ele nesta terça-feira (28).

A campanha havia gerado reações nas redes. Internautas chegaram a criar a hastag #NaturaNão na noite de segunda-feira (27) e o assunto se tornou um dos mais comentados da rede social. Mas muitos outros internautas saíram em defesa do ator.

O pedido de Malafaia, no entanto, não foi bem recebido. Internautas têm respondido à postagem de Malafaia com mensagens em que citam como Jesus reagiria diante de um pedido como o dele. Outros, por sua vez, usam versículos da Bíblia para falar de amor ao próximo.

“O quê deveria chocar e ofender a honra dos cristãos são pessoas vivendo nas ruas e a falta de ajuda as viúvas, órfãos e necessitados”, escreveu um homem. “Esse Silas é um desserviço para o evangelho. Usa a influência pra tolices. Quanta tolice!!!! Acho que não conhecemos o mesmo Deus”, disse outro.


A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247