Manifestantes erguem “Lula Livre” na Central do Brasil, no Rio

Em protesto que marca os 500 dias da prisão do ex-presidente Lula, um grupo de manifestantes se reuniu em frente à Central do Brasil, principal estação de trem, metrô e ônibus do Rio de Janeiro.

Manifestantes pedem Lula livre no Rio de Janeiro
Manifestantes pedem Lula livre no Rio de Janeiro (Foto: Aurélio Rocha)

Revista Fórum - Em protesto que marca os 500 dias da prisão do ex-presidente Lula, um grupo de manifestantes se reuniu em frente à Central do Brasil, principal estação de trem, metrô e ônibus do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (19), e ergueu um boneco do ex-presidente. Lideranças políticas estiveram presentes no ato, que encheu a lateral da Central e chamou a atenção de quem passava.

“Nós nunca vamos abandonar o presidente Luís Inácio Lula da Silva. E viemos aqui conversar com você, trabalhador. Vocês sabem que a prisão de Lula foi para impedir a vitória dele e eleger Bolsonaro, para prejudicar os trabalhadores, prejudicar os mais pobres. Pensem bem! São 500 dias de prisão injusta”, disse o ex-senador Lindbergh Farias, que fez uma transmissão ao vivo do ato. “A gente está vendo armação, o juiz tem que ser imparcial. O juiz era imparcial? Prendeu Lula para impedir que ele ganhasse as eleições”, declarou.

Leia mais na Fórum.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247