Médicos e funcionários protestam contra possível fechamento do Hospital

Profissionais do Hospital de Ipanema aproveitaram a visita do ministro da Sade, Alexandre Padilha, neste sbado cidade para protestar contra o possvel fechamento da unidade, que federal, para a construo de um centro de transplantes no local

Agência Rio - Médicos e funcionários do Hospital de Ipanema, localizado na zona sul do Rio, aproveitaram a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, neste sábado (5) à cidade para protestar contra o possível fechamento da unidade, que é federal, para a construção de um centro de transplantes no local.

Padilha participou, de manhã, do lançamento da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe em uma Clínica da Família, na zona oeste, e negou que o fechamento do hospital já esteja decidido. Segundo ele, um estudo está analisando o perfil dos seis hospitais federais do Rio.

“Existe um processo de integração cada vez maior entre os hospitais federais do Rio e as secretarias municipal e estadual, que é muito positivo. É fundamental que os seis hospitais estejam cada vez mais abertos para oferecer especialidades mais apropriadas e ampliar o número de leitos para toda a população, e não só para quem já era inscrito previamente nesse hospital”, disse o ministro.

Na próxima segunda-feira (7), está marcada uma manifestação em frente à unidade, a partir das 8h, com o objetivo de dar continuidade às mobilizações da semana passada, quando os trabalhadores fizeram uma passeata pela Rua Visconde de Pirajá, uma das vias mais importantes do bairro, e protestaram em frente ao Núcleo do Ministério da Saúde no estado, no centro.

Mais de 1.000 profissionais de saúde trabalham no Hospital de Ipanema. Além de cirurgias, o atendimento ambulatorial abrange clínica médica, otorrinolaringologia, ortopedia, oftalmologia, ginecologia, neurologia, proctologia, urologia, entre outras especialidades.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social no Estado do Rio de Janeiro (Sindsprev/RJ), ontem (4) o diretor de Recursos Humanos (RH) do Ministério da Saúde, João Marcelo Ramalho Alves, confirmou que o secretário estadual de Saúde, Sergio Côrtes, e o governador Sergio Cabral (PMDB) já solicitaram a cessão do Hospital de Ipanema para transformá-lo em unidade destinada exclusivamente a transplantes.

Ainda segundo o sindicato, Alves confirmou que o governo estadual pretende passar a gestão do hospital a uma organização social ligada ao Hospital Sírio-Libanês. O governo do estado, entretanto, não confirmou o pedido de estadualização do hospital.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247