Membro do PT e militante da CUT é assassinado em Minas

Ivan Lucio atuava na CUT e no PT de Minas Gerais. Segundo relatou um irmão dele, "quem o matou, trancou a porta do apartamento por dentro, localizado no Bairro da Serra, e saiu pela janela"

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um militante da esquerda identificado como Ivan Lucio foi encontrado morto no dia 23 de dezembro. Ele atuava na CUT e no PT de Minas Gerais. Segundo relatou um irmão de Ivan Lucio, o crime teria acontecido entre os dias 20 e 21 de dezembro, em Belo Horizonte. 

"Quem o matou, trancou a porta do apartamento por dentro, localizado no Bairro da Serra, e saiu pela janela. Segundo os vizinhos, ouviram pelas 3h da manhã Ivan gritando e pedindo socorro e clamando para a pessoa não 'fazer aquilo'. Mas ninguém, nenhum vizinho, nada fizeram. A família só foi chamada depois", afirmou ele. O relato foi publicado no site Diario da Causa Operária

Os casos de agressão e de assassinatos contra militantes de esquerda aumentaram com o avanço da extrema-direita no País. Entre os casos mais recentes estão os assassinatos de um dirigente do Psol no Acre, de um militante do MST no Rio de Janeiro, dos índios que pertencem ao Povo Guajajara no Maranhão e um ativista indígena no Amazonas.


A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247