Mesmo sem dinheiro, Temer vai liberar até R$ 13 milhões para carnaval do Rio

Governo Federal vai liberar até R$ 13 milhões para as Escolas de Samba do Grupo Especial, de modo a garantir os desfiles do Carnaval 2018, segundo o deputado federal Pedro Paulo (PMDB-RJ); a verba corresponde aos 50% do subsídio cortado pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB-RJ)

28/07/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Carnaval 2017 – Desfile na Sapucaí – Portela - Fernando Grilli / Riotur
28/07/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Carnaval 2017 – Desfile na Sapucaí – Portela - Fernando Grilli / Riotur (Foto: Charles Nisz)

Rio 247 - O governo federal vai liberar até R$ 13 milhões para a realização do carnaval do Rio de Janeiro de 2018, segundo informou nesta terça-feira (25) o deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ). O parlamentar participou de reunião no Palácio do Planalto com Michel Temer e representantes de escolas de samba.

Uma reunião na tarde desta terça no Ministério da Cultura irá definir os valores que serão liberados. As reuniões fazem parte do esforço das escolas de samba do Rio de buscar uma fonte alternativa de financiamento para o desfile do ano que vem. Em junho, a prefeitura do Rio de Janeiro decidiu reduzir em 50% a verba destinada a cada uma das 13 escolas do Grupo Especial - de R$ 2 milhões para R$ 1 milhão. 

Temer acatou o pedido das escolas e garantiu a liberação da verba. "A gente teve do governo federal a garantia de que eles vão aportar os recursos, que podem chegar a R$ 13 milhões”, enfatizou o parlamentar. Na posse de Sérgio Sá Leitão, novo ministro da Cultura, Temer pediu que Leitão ajudasse as escolas.

De acordo com Pedro Paulo, uma parte da verba virá de patrocínio de empresas estatais. O restante deverá ser repassado diretamente pelo Tesouro Nacional. O parlamentar criticou a prefeitura do Rio. “A prefeitura do Rio tomou a decisão de ficar contra o carnaval, colocar o carnaval contra a população, com a falsa desculpa de que tira dinheiro da educação”, disse. O evento gera quase R$ 3 bilhões em receitas ao Rio.

O novo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, não antecipou a forma como pode ser feito o repasse de valores às escolas do Rio. Leitão garantiu empenho do governo federal para auxiliar a realização dos desfiles do próximo ano. “Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudá-las (escolas e liga), para fazer com que o desfile das escolas e tudo mais o que compõe o Carnaval do Rio de Janeiro possa acontecer em 2018 de uma forma melhor do que em anos anteriores”, destacou. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247