Metrô-RJ tem 2° arrastão em menos de duas semanas

Pela segunda vez em menos de duas semanas, passageiros de trens do Metrô do Rio foram vítimas de arrastão; no mais recente deles quatro homens; um deles armado de pistola, renderam pelo menos sete passageiros que se encontravam em uma das composições, entre as estações da Glória e do Catete, na zona sul da cidade; os assaltantes levaram aparelhos celulares, bolsas e carteiras

Pela segunda vez em menos de duas semanas, passageiros de trens do Metrô do Rio foram vítimas de arrastão; no mais recente deles quatro homens; um deles armado de pistola, renderam pelo menos sete passageiros que se encontravam em uma das composições, entre as estações da Glória e do Catete, na zona sul da cidade; os assaltantes levaram aparelhos celulares, bolsas e carteiras
Pela segunda vez em menos de duas semanas, passageiros de trens do Metrô do Rio foram vítimas de arrastão; no mais recente deles quatro homens; um deles armado de pistola, renderam pelo menos sete passageiros que se encontravam em uma das composições, entre as estações da Glória e do Catete, na zona sul da cidade; os assaltantes levaram aparelhos celulares, bolsas e carteiras (Foto: Leonardo Lucena)

Nielmar de Oliveira - Repórter da Agência Brasil

Pela segunda vez em menos de duas semanas, passageiros de trens do Metrô do Rio foram vítimas de arrastão. No mais recente deles, ontem (25) à noite, quatro homens; um deles armado de pistola, renderam por volta das 23h, pelo menos sete passageiros que se encontravam em uma das composições, entre as estações da Glória e do Catete, na zona sul da cidade. Os assaltantes levaram aparelhos celulares, bolsas e carteiras.

O arrastão ocorreu duas semanas depois que 16 pessoas foram assaltadas dentro de uma composição da Linha 1, que seguia para Botafogo. A ação criminosa foi quinta-feira (12) entre as estações do Largo do Machado e do Flamengo, também na zona sul da cidade.

Segundo o secretário dos Transportes, Carlos Osório, as imagens das câmaras de segurança referentes ao arrastão de ontem já estão na Polícia Civil e vão possibilitar a identificação dos criminosos.

"Conversei na manhã de hoje com o chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, e ele me adiantou que as imagens são bastante claras e que já tem algumas linhas de investigação traçadas," disse o secretário.

Osório informou que o governo do estado já acertou com a direção da concessionária Metrô Rio a instalação de câmeras em 30 trens antigos que estão em circulação. "Isso aumentará o nível de segurança, uma vez que as estações e plataformas também já estão dotadas de câmeras. De qualquer forma, temos certeza absoluta de que vamos identificar e punir esses criminosos. As informações preliminares indicam que pelos menos dois dos criminosos poderiam ser os mesmos da ação anterior."

O secretário destacou que a concessionária já está tomando medidas operacionais para aumentar a confiança dos usurários nas locomotivas e estações. "Mas é preciso lembrar que os seguranças da Metrô Rio trabalham desarmados e não têm condições de enfrentar criminosos. Daí a importância dessa parceria com a Polícia Civil e a participação da Polícia Militar, no combate a este tipo de crime."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247