Metroviários vão acionar OIT e MPT contra Tarcísio

Os sindicatos do Metrô e da CPTM encerraram a paralisação do transporte público e retomaram a operação

Tarcísio de Freitas
Tarcísio de Freitas (Foto: Marcelo S. Camargo/Governo do Estado de SP)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Sindicato dos Metroviários deve acionar o Ministério Público do Trabalho e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) por conta da ameaça do governador Tarcísio de Freitas de punir individualmente os grevistas que participaram da paralisação geral contra as privatizações, na terça-feira (28), disse a entidade.

Os sindicatos do Metrô e da CPTM encerraram a paralisação do transporte público e retomaram a operação à 0h desta quarta-feira (29). A paralisação atingiu as linhas: 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata, do Metrô, e 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade, da CPTM.

continua após o anúncio

A paralisação contou com a adesão de 88% dos empregados do Metrô no turno noturno, que começou às 22h de segunda-feira, e de 92% nas primeiras horas da manhã, conforme informado pelo Metrô.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247