Ministério da Saúde desautoriza campanha de vacinação de Doria: 'Não haverá privilegiado'

De acordo com o secretário executivo do ministério da Saúde, Élcio Franco, a vacinação ocorrerá de forma simultânea em todo País. O governo João Doria (PSDB) não poderá executar sua campanha de vacinação por conta própria no estado de São Paulo

Élcio Franco e João Doria
Élcio Franco e João Doria (Foto: Júlio Nascimento/PR | GOVSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo João Doria (PSDB) não poderá executar sua campanha de vacinação por conta própria no estado de São Paulo. De acordo com o secretário executivo do ministério da Saúde, Élcio Franco, a vacinação ocorrerá de forma simultânea em todo País.

Sobre a campanha em São Paulo, Franco afirmou que "toda vacina deverá obedecer ao Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde".

"A medida prevê que toda vacina deverá obedecer ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19. Vou remeter à lei 8080. O SUS é para todos. É para todo o Brasil, para todas unidades da federação", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247