Ministério do Trabalho compra briga com a imprensa

Ministro Carlos Lupi determina que toda a demanda de jornalistas ser publicada no mesmo dia no blog do rgo; Entidade de jornalistas investigativos diz que iniciativa inibe trabalho dos reprteres

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, está usando um blog do ministério para vazar as reportagens que estão em apuração pelos órgãos de imprensa. Em nota, a assessoria de imprensa do ministério diz que, a pedido de Lupi, todas as demandas encaminhadas pelos jornalistas à assessoria de comunicação da pasta serão publicadas com respostas no blog http://blog.mte.gov.br/. O blog, porém, publica respostas a perguntas de apuração que ainda está em andamento.

Procurada pelo Grupo Estado, a assessoria do ministério informou que a ordem de Lupi é publicar os questionamentos e as respostas no mesmo dia em que as demandas dos repórteres são enviadas ao ministério, mesmo que a reportagem não seja publicada pelo órgão de imprensa.

Em nota, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) repudiou a postura do ministério. "Ao agir dessa forma, o Ministério do Trabalho inibe os meios de comunicação e os jornalistas que precisam verificar com o governo informações de eventuais reportagens que serão veiculadas", disse a entidade.

A prática do Ministério do Trabalho é semelhante à adotada pela Petrobras em 2009. Na época, em meio a denúncias de desvios de recursos, a Petrobras criou um blog para publicar as respostas às demandas da imprensa. Inicialmente, o blog chegou a divulgar informações sobre apurações em andamento. Cobrada, a empresa mudou de postura e hoje só divulga as respostas após a publicação da reportagem.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email