Morre a quarta vítima dos ataques a escolas em Aracruz

Professora de 38 anos estava na primeira a ser atacada pelo adolescente armado em Aracruz e não resistiu aos ferimentos

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A professora Flavia Amoss Merçon Leonardo, da Escola Estadual Primo Bitti, a primeira a ser atacada pelo adolescente armado em Aracruz, Espírito Santos, nao resistiu aos ferimentos e morreu neste sábado (26).

A Secretaria da Saúde do Espírito Santo (Sesa) confirmou a morte de uma mulher de 38 anos, mas não informou o nome da vítima. Mas familiares da professora confirmaram ao jornalismo da Rede Gazeta que a vítima é Flavia.

Além de Flavia, morreram nos ataques a estudante Selena Zagrillo, de 12 anos, e as professoras Maria da Penha Pereira de Melo Banhos de 48 anos, conhecida como Peinha, e Cybelle Passos Bezerra, de 45 anos.

Os corpos de Selena e Maria da Penha foram sepultados no início da tarde de sábado. Já a família de Cybelle preferiu que o corpo dela fosse cremado e levado para Pernambuco, onde a família mora.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247