MP-RJ decide arquivar inquérito sobre desobediência judicial de Bonner e Vasconcellos à decisão judicial no caso Flávio

A decisão foi sobre o fato dos apresentadores terem noticiado uma denúncia contra o filho do presidente por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, tendo assim supostamente ignorado uma ordem da 33ª Vara Cível da Comarca da Capital para que a Globo não transmitisse documentos do processo

(Foto: ABr | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) determinou o arquivamento de um inquérito policial promovido pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) sobre suposta prática de crime de desobediência por parte dos âncoras do Jornal Nacional, William Bonner e Renata Vasconcellos, a uma decisão judicial. 

A decisão foi sobre o fato dos apresentadores terem noticiado uma denúncia contra o filho do presidente por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, tendo assim supostamente ignorado uma ordem da 33ª Vara Cível da Comarca da Capital para que a Globo não transmitisse documentos do processo. 

Segundo o MP, “é de todo evidente” que a decisão anterior “limitava a liberdade de informar somente na fase investigatória, durante a tramitação do procedimento investigatório criminal, e não na fase judicial da persecutio criminis in judicio, com o oferecimento da denúncia perante o Tribunal de Justiça”, diz o texto obtido pelo Antagonista.

O MP concluiu o documento em tom grave: "A eventual criminalização do exercício da profissão de jornalista constituiria afronta ao texto da Constituição da República e indevido óbice à atividade do meio de comunicação que decidisse divulgar, de modo legítimo, o conteúdo de um processo criminal que versa sobre ilícitos imputados a agente público no exercício das funções.”

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247