Municípios da Baixada recebem verba da União

Municípios da Baixada Fluminense atingidos pelas chuvas na primeira quinzena de dezembro do ano passado receberão recursos da União no valor de R$ 8 milhões para obras emergenciais de recuperação, como limpeza de rios e ruas; o valor faz parte dos R$ 48 milhões pleiteados por meio do governo do estado, em reunião realizada em Brasília, com representantes dos governos estadual, federal e municipal

NOVA IGUAÇU,RJ,12.12.2013:CHUVA/RESCALDO/INTERDIÇÃO CASAS - Casas nas margens do Rio Botas, em Austin, Nova Iguaçu (RJ), estão interditadas pela Defesa Civil nesta quinta-feira (12). O temporal que atingiu o Rio de Janeiro entre a noite de terça-feira (10
NOVA IGUAÇU,RJ,12.12.2013:CHUVA/RESCALDO/INTERDIÇÃO CASAS - Casas nas margens do Rio Botas, em Austin, Nova Iguaçu (RJ), estão interditadas pela Defesa Civil nesta quinta-feira (12). O temporal que atingiu o Rio de Janeiro entre a noite de terça-feira (10 (Foto: Leonardo Lucena)

Agência Rio - Municípios da Baixada Fluminense atingidos pelas chuvas na primeira quinzena de dezembro do ano passado recebem nesta terça-feira (7) verba da União no valor de R$ 8 milhões para obras emergenciais de recuperação, como limpeza de rios e ruas.

O valor faz parte dos R$ 48 milhões pleiteados nesta segunda-feira (6) por meio do Governo do Estado, em reunião realizada em Brasília, com representantes dos governos estadual, federal e municipal. Serão beneficiadas as cidades de Queimados, Nova Iguaçu, Japeri, Belford Roxo, São João de Meriti, Duque de Caxias, Nilópolis, Magé e Mesquita.

Nesta terça-feira, técnicos da Defesa Civil Nacional e da Defesa Civil estadual vão definir como e quanto será disponibilizado o restante do valor, de R$ 40 milhões. No encontro, também ficou definida a vistoria dos municípios para a reconstrução imediata de pontes e vias de acesso. Ainda esta semana, técnicos do Ministério das Cidades e da Defesa Civil do Estado vão visitar as áreas mais danificadas da Baixada para agilizar a liberação das verbas.

– O Governo Federal está sensível à situação da Baixada Fluminense, para atender às necessidades das cidades. As prefeituras também precisam realizar ações de prevenção, evitando a desocupação desordenada de áreas de risco e encosta – disse o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, depois de reunião com os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e da Integração Nacional, Francisco Teixeira, e das Cidades, Aguinaldo Velloso, além do secretário nacional da Defesa Civil, general Adriano Pereira Júnior.

O Governo do Estado já realizou a limpeza de ruas, rios e canais com o maquinário de intervenções realizadas pela Secretaria de Obras na região, além de ter disposto mais de 100 técnicos e operários nestas ações.

Além do vice-governador, participaram da reunião os secretários estaduais de Obras, Hudson Braga, e de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, e prefeitos das cidades beneficiadas.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247