"Não podemos chamar de Forças Armadas uma meia dúzia de generais entreguistas", diz Haddad

Em duro discurso no lançamento da campanha #MoroMente, Fernando Haddad criticou a postura anti-nacional das Forças Armadas brasileiras; "Não podemos chamar de Forças Armadas uma meia dúzia de generais entreguistas. Não podemos chamar de Forças Armadas quem desonra a farda e desonra o Brasil", disse Haddad

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O ex-prefeito Fernando Haddad participa na noite desta segunda-feira, 19, do lançamento da campanha #MoroMente, da Associação Brasileira Juristas pela Democracia (ABJD), na Faculdade de Direito do Largo de são Francisco. 

Em discurso durante o ato, Haddad fez duras críticas à posição de uma parcela de militares das Forças Armadas brasileiras, que tem apoiado as políticas anti-nacionais do governo de Jair Bolsonaro. 

"A gente fica atônito com o comportamento dos militares bolsonaristas. Porque a gente precisa chamar as coisas pelo nome. Não podemos chamar de Forças Armadas uma meia dúzia de generais entreguistas. Não podemos chamar de Forças Armadas quem desonra a farda e desonra o Brasil", disse Haddad. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de advogados, juízes, promotores integrantes da ABJD, também participam do ato líderes políticos de oposição ao governo de Jair Bolsonaro, como a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann; o presidente do Psol, Juliano Medeiros, o líder do MTST Guilherme Boulos entre outros (leia mais no Brasil 247). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assista a trecho dao discurso de Fernando Haddad: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email