“Não sou juiz nem poderoso”, diz pai de moça que humilhou vendedores no Rio

Apesar de ter dito que pai era juiz, mulher que aparece em vídeo que viralizou é filha de geólogo aposentado

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Metropoles - O caso da mulher que humilhou trabalhadores de um quiosque no Leblon, no Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais nessa quinta-feira (20/8). Nas imagens gravadas pelo funcionário do estabelecimento Julio Quintanilha, ela afirma ser “filha de homem poderoso” enquanto xinga os trabalhadores.

No entanto, o pai da mulher informou, em entrevista ao jornal O Globo, que não é juiz. “Eu não sou poderoso, não sou nada. Só sou um aposentado. Liguei para o quiosque e pedi desculpas, é o que eu posso fazer. Mas não estou justificando o que minha filha fez”, disse.

Ele afirmou ainda que, neste momento, a filha está internada em uma clínica para tratamento de dependência química.

Continue lendo no Metropoles

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247