Neguinho da Beija-Flor é amparado no enterro do neto: 'Era um menino bom'

O sambista Neguinho da Beija-Flor foi amparado por colegas durante o enterro de Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos, seu neto, morto a tiros em Nova Iguaçu. "Ele [Gabriel] era um menino bom, garoto bom", disse. Neguinho lembrou que o neto tentou chegou a treinar para ser jogador de futebol profissional

Neguinho da Beija-Flor
Neguinho da Beija-Flor (Foto: Reprodução (Globo))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O sambista Neguinho da Beija-Flor foi ajudado por amigos durante o enterro de Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos, seu neto, morto a tiros na madrugada de domingo (18), durante um confronto de traficantes e policiais em um baile funk no Morro da Bacia, também em Nova Iguaçu, na Biaxada Fluminense, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

"Ele [Gabriel] era um menino bom, garoto bom. Estava nessa de armar a tenda e, segundo informações, esse lugar é perigoso. E ele foi lá botar a tenda e aconteceu na hora da operação, parece que houve troca de tiros lá por parte do pessoal e é isso. Meu filho também, eu tenho filho que também montava tenda, monta, mas a partir de agora essa atividade não vai exercer mais. É perigoso", disse Neguinho da Beija-Flor. Os relatos foram publicados pelo portal G1.

Neguinho lembrou que o neto tentou chegou a treinar para ser jogador de futebol profissional. "É o caçula do meu filho mais velho [Paulo César Marcondes] (...) Sempre foi um garoto alegre, bom de bola, jogava muito bem futebol, depois abandonou. Estava no Nova Iguaçu, treinando, depois resolveu abandonar. Depois aprendeu mecânica e, por fim, já estava com atividade de armar tenda e deu no que deu", complementou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247