No comando do PTB, filha de Jefferson bate no PT

Deputada federal eleita, a vereadora carioca Cristiane Brasil foi escolhida presidente nacional do PTB; em sua primeira entrevista como líder do partido, a filha de Roberto Jefferson deixa claro seu alvo: o PT; ela acusa o partido de idealizar e comandar o esquema de corrupção na Petrobras; "Esse esquema foi criado para financiar o projeto de poder do PT. Eles escolheram a Petrobras para fazer dali o caixa de arrecadação e se perpetuar no poder. É o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Muito maior do que o mensalão"

Deputada federal eleita, a vereadora carioca Cristiane Brasil foi escolhida presidente nacional do PTB; em sua primeira entrevista como líder do partido, a filha de Roberto Jefferson deixa claro seu alvo: o PT; ela acusa o partido de idealizar e comandar o esquema de corrupção na Petrobras; "Esse esquema foi criado para financiar o projeto de poder do PT. Eles escolheram a Petrobras para fazer dali o caixa de arrecadação e se perpetuar no poder. É o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Muito maior do que o mensalão"
Deputada federal eleita, a vereadora carioca Cristiane Brasil foi escolhida presidente nacional do PTB; em sua primeira entrevista como líder do partido, a filha de Roberto Jefferson deixa claro seu alvo: o PT; ela acusa o partido de idealizar e comandar o esquema de corrupção na Petrobras; "Esse esquema foi criado para financiar o projeto de poder do PT. Eles escolheram a Petrobras para fazer dali o caixa de arrecadação e se perpetuar no poder. É o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Muito maior do que o mensalão" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - Deputada federal eleita, a vereadora carioca Cristiane Brasil foi escolhida por unanimidade presidente nacional do PTB. Ela tem 41 anos e é filha do ex-presidente do partido Roberto Jefferson, o delator do chamado 'mensalão'. Ele está preso em regime semiaberto, mas ainda é o líder maior do PTB, embora nos bastidores.

"Ele não está proibido de falar no telefone. Mas quem teve que fazer o trabalho fui eu", diz Cristiane em publicação do site do jornal Folha de São Paulo. 

E na primeira entrevista como presidente do PTB, Cristiane, que é faixa preta em caratê, já diz a que veio e parte para cima do PT, o que virou praxe de seu pai. Ela acusa o partido de idealizar e comandar o esquema de corrupção na Petrobras.

"Esse esquema foi criado para financiar o projeto de poder do PT. Eles escolheram a Petrobras para fazer dali o caixa de arrecadação e se perpetuar no poder. É o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Muito maior do que o mensalão".

A nova presidente do PTB quer frustrar tentativa do governo de atrair o partido para a bancada governista no segundo mandato. Ela promete que a sigla será "independente", apesar do convite ao senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) para o Ministério do Desenvolvimento. "Ele é um quadro que orgulha o partido, mas foi uma escolha pessoal da presidente Dilma. O PTB não é base. Teremos independência."

Entre as bandeiras do Planalto que Cristiane quer combater está o projeto de regulamentação da mídia. Orientada pro Jefferson, ela conduziu as negociações para que a sigla apoiasse o tucano Aécio Neves nas eleições, o que aconteceu sob comando do então presidente da legenda Benito Gama, eleito deputado federal pela Bahia.

Cristiane não poupa elogios ao pai, que para ela é "um fofo". "Sou uma filha apaixonada. Ele é tudo para mim".

Mas a afeição pelo genitor não implica necessariamente nos mesmos caminhos políticos. "Não quero herdar os ódios que meu pai amealhou ao longo da vida".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247