Novo modelo de atendimento à emergências tem primeiro posto no Souza Aguiar

Nova Coordenao Regional de Emergncias do Centro tem apacidade para fazer at 500 atendimentos por dia e retira atendimentos de mdia e baixa complexidade do hospital; com investimentos de R$ 4,4 mi, ter 200 profissionais e funcionar 24 horas

247 - O prefeito Eduardo Paes inaugurou, nesta terça-feira (1), o novo modelo de atendimento nas emergências do Rio de Janeiro. A primeira unidade de Coordenação de Emergência Regional (CER) foi erguida ao lado do Hospital Municipal Souza Aguiar (HMSA). O projeto terá 30 leitos e será a nova porta de entrada da emergência, sendo responsável por receber e fazer o acolhimento dos pacientes. Os casos de baixa e média complexidade serão atendidos na própria unidade por uma equipe de médicos especialistas, segundo a Prefeitura. Apenas os casos de alta complexidade serão encaminhados à emergência do HMSA. Com a inauguração do novo sistema, a capacidade de atendimento na região será dobrada. Ainda este ano, a cidade contará com outras cinco novas unidades.

As unidades de pronto atendimento também funcionarão como uma coordenação de emergência regional, regulando esse tipo de leito em toda a área central da cidade para garantir vaga para pacientes com urgência de internação. As novas unidades funcionarão sempre ao lado de um grande hospital de emergência, com acesso a todos os tipos de exames.

Paes destacou que o objetivo é melhorar os atendimentos de emergência ao estabelecer ligacão entre os hospitais e os novos CERs.

"O papel deste espaço é melhorar toda a rede de emergência, dando atendimento aos casos menos graves. Com a triagem, vamos deixar os hospitais cuidarem daquilo que, de fato, é a vocação deles, salvar vidas. Os casos de baixa e média complexidades serão atendidos nestas novas unidades. Em breve, teremos o mesmo modelo ao lado do Miguel Couto, depois do Lourenço Jorge e também vamos chegar ao Salgado Filho", disse o prefeito.

Com as CERs, as emergências municipais contarão com mais 192 leitos, com sistema de regulação próprio que permitirá o controle, distribuição e acesso aos leitos e serviços da região, garantindo assim atendimento, internação e exames, garante a Secretaria de Saúde e Defesa Civil do município.

"Estamos preparados para fazer, pelo menos, 500 atendimentos por dia aqui nesta nova unidade. Mas, na verdade, os números do Souza Aguiar já são menores do que esse com a ampliação da rede básica das Clínicas da Família e com as UPAs. Ao final desse processo, teremos dobrado o número de leitos dentro de cada sistema de emergência", avaliou Hans Dohmann, secretário de Saúde e Defesa Civil.

Com investimentos de R$ 4,4 milhões, a unidade do Centro contará com cerca de 200 profissionais, sendo 50 médicos. A CER do Souza Aguiar tem 10 consultórios e disponibilidade para a realização de nebulização, suturas, curativos, exames laboratoriais e eletrocardiogramas.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247