Onyx se desespera, chora e conclama a direita a superar suas divisões internas

Demosntrando o habitual desconhecimento de história, Onyx chorou em evento conservador realizado em Hotel de São Paulo, ao comentar a divisão que tomou conta da direita. Diz o ministro de Bolsonaro que o Brasil sempre foi governado pela esquerda e que é a primeira vez que a direta tem a chance de mostrar "a que veio", esquecendo-se dos 21 anos de ditadura militar

PSL desautoriza Onyx e expõe racha na articulação política do governo
PSL desautoriza Onyx e expõe racha na articulação política do governo (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Demosntrando o habitual desconhecimento de história, Onyx chorou em evento conservador realizado em Hotel de São Paulo, ao comentar a divisão que tomou conta da direita. Diz o ministro de Bolsonaro que o Brasil sempre foi governado pela esquerda e que é a primeira vez que a direta tem a chance de mostrar "a que veio", esquecendo-se dos 21 anos de ditadura militar. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "em um discurso exaltado, em que chegou a chorar duas vezes, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, defendeu a unidade da direita, para que não seja perdida uma oportunidade histórica de mudar o país. 'Temos de tentar nos unir superando divergências. Pelo amor de Deus, temos a chance de nossas vidas. Para nunca mais permitir que essa gente [a esquerda] volte e faça o que eles fizeram”, afirmou neste sábado (12) durante a Cpac, conferência conservadora que acontece em um hotel de São Paulo."

A matéria ainda sublinha que "Onyx, em sua fala, citou o Chile como exemplo de um país em que a direita, representada pelo ditador Augusto Pinochet, teve impacto duradouro, que não foi modificado posteriormente. “O Chile teve quatro ou cinco governos de esquerda e não mudaram os fundamentos do que fizeram lá atrás”, declarou, em referências às reformas liberais do ditador. Nesse momento, ouviu-se na plateia um “Viva Pinochet!”.

Com pânico da volta iminente da esquerda, que já vai se reestabelecendo no continente, ele diz: "a gente não pode perder essa chance”. “Eles [a esquerda] dominaram esse país durante anos a fio. Pela primeira vez a direita brasileira tem a chance de escrever a história do Brasil.”

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247